JANELA – MODELOS E TIPOS

CONFORTO ACÚSTICO E ISOLAMENTO SONORO
02/08/2017
APARTAMENTOS PEQUENOS
05/09/2017

Existem muitos modelos e tipos de janela e dentro de cada uma existem muitas peças que juntas formam esse elemento fundamental na arquitetura.

Vamos falar sobre os principais modelos existentes no nosso dia a dia.

Guilhotina – Possui dois caixilhos que correm verticalmente, cada um em sulco ou trilho diferente, fechando ao meio, como uma guilhotina.

Janela Guilhotina

Janela Guilhotina

De Correr – Possui dois caixilhos , dos quais ao menos um desliza ao longo de trilhos horizontais.

Janela de Correr

De Correr

Single-hung window – a mesma guilhotina com dois caixilhos, dos quais somente um é móvel.

De deslizamento vertical – apresenta um ou mais caixilhos que se deslocam verticalmente e são mantidos em diversas posições de abertura por meio do atrito de um dispositivo de catraca em lugar de balanças de caixilho ou contrapesos.

Pivotante – possui um caixilho que gira 90O ou 180O em torno de um eixo vertical ou horizontal no seu centro, ou próximo a este.

Janela Pivotante

Pivotante

De persiana –  com adufas horizontais de vidro ou madeira que giram simultaneamente em um batente comum, utilizada principalmente nos climas temperados para o controle da ventilação e para vedar a visão pelo exterior.

Janela de Persiana

Janela de Persiana

Persiana – Veneziana com adufas horizontais que podem ser ajustadas de modo a admitirem a luz e o ar mas vedarem o ambiente para o sol e a chuva.

Janela móvel – apresenta um caixilho que pode ser aberto para fins de ventilaçãoo

Luz fixa – Caixilho que não se abre para ventilação, também caixilho fixo.

Janela Luz Fixa

Luz Fixa

De batente –  tem no mínimo um caixilho móvel, frequentemente utilizada em combinação com luzes fixas.

Francesa – Par de esquadrias de batente que se prolonga até o piso e que serve de passagem de um cômodo para um pórtico externo ou um terraço.

Janela Francesa

Janela Francesa

Cremona – Chaveta vertical utilizada em uma janela francesa ou abertura semelhante. Consiste em duas hastes que se movem por um mecanismo acionado por maçaneta, que se prolongam para dentro de recessos no topo e na base da abertura, permitindo um fechamento firme.

Cremona

Cremona

Balconete – Balaustrada que se projeta ligeiramente para além do plano de uma janela, que chega ao piso e tem um aspecto de um balcão quando a esquadria está totalmente aberta.

De toldo – apresenta um ou mais caixilhos articulados por dobradiças e que se movem para fora, geralmente afixados no topo do batente.

Projetada – pode ser de caixilho ou de toldo na qual a extremidade interna do caixilho desliza por um trilho colocado no montante ou na ombreira quando o caixilho se desloca para fora.

Janela Projetada

Janela Projetada

Panorâmica –  grande esquadria, normalmente fixa e com uma vidraça única, localizada de modo a emoldurar uma vista externa atraente.

Janela Panorâmica

Panorâmica

De sacada –  projeta-se para fora da parede principal de uma construção, formando um nicho na parte interna, têm suas próprias funções. Também chamada janela saliente,  de ângulo ou bay window.


Poial  – assento embutido no recesso entre as ombreiras. Também assento de janela.

Janela Poial

Poial

De lucarna – esquadria vertical em uma projeção de um telhado em vertente. Chamada trapeira ou luneta.

Janela de Lucarna

Lucarna

Luzerna – Janela vertical instalada abaixo da linha de um telhado em vertente. Chamada lucarna interna.

Olho-de-boi – esquadria circular ou oval comparativamente pequena, situada, por exemplo, em um friso ou uma lucarna. Nos barcos e navios  é chamada de escotilha.

Janela Olho de Boi

Olho de boi

Escotilha

Escotilha de navio

Pingadeira – Moldura que se projeta por sobre o arco de uma janela ou porta, para o interior ou exterior.

Pingadeira

Pingadeira

Muxarabiê – Balcão envidraçado guarnecido por uma grade através da qual o ar pode entrar livremente, enquanto o interior fica protegido da visão de quem está do lado de fora. Também chamado de zelosia ou janela de rótula.

Muxarabiê

Muxarabiê

Espero que tenha gostado do post, se conhecerem mais alguma esquadria que eu não tenha citado, me avisa! Vou adorar atualizar! 

1 Comentário

  1. felipe disse:

    Excelente artigo! Já visitei o seu blog outras vezes, porém nunca
    tinha escrito um comentário. Pus seu blog
    nos meus favoritos para que eu não perca nenhuma atualização.
    Grande abraço!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *